Notas de Defeito Imprimir

Há um entendimento sobre vários defeitos e deficiências no canto do bicudo para efeito de disputa de torneios de canto.

Esses defeitos são apenas considerados nas categorias Canto Flauta, Canto Clássico, Alta Mogiana e Canto Clássico Goiano, devendo ser observado o número de vezes, a intensidade e a posição em que eles ocorrem.

Já na categoria Canto Livre (peito de aço), como não existem notas padronizadas, o bicudo poderá cantar qualquer tipo de dialeto, porém, emitir somente notas de bicudo em seu canto, não podendo emitir notas de outros pássaros.

Citamos alguns dos principais defeitos e deficiências no canto do bicudo:

  1. Voz deficiente, muito fina ou muito grossa, rouca, metálica ou com chiado;
  2. Deficiência de andamento (velocidade do canto);
  3. Deficiência de divisão de canto separando o módolo de repetição do canto propriamente dito;
  4. Canto estalado (notas secas e não melódicas);
  5. Mistura de canto (inclusão de notas de outros pássaros);
  6. Perdidas (distorções das notas);
  7. Corte de canto ( interrupção de canto);
  8. Remontar notas (emitir a mesma nota várias vezes);
  9. A presença de notas ou seqüência de notas tais como: Oi, Voí, Boi, Tuíu, Cafí-Cafí, Tchau-Tchau e demais notas dissonantes;

Alguns dos exemplos de defeitos que constam abaixo, foram retirados do CD Aula de Canto de Bicudos, comercializado pela Lagopas Produções (o CD pode ser adquirido através do e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. e se constitui em subsídio importante para o estudo do canto dos bicudos):

 

Fonte: www.cantoefibra.com.br