Vermifugação Imprimir

 

A maioria das pessoas que possuem um pássaro, nem sabem que até mesmo as aves podem contrair vermes. Assim como outros animais e ainda mais por eles viverem em ambientes pequenos e muitas vezes fora de condições adequadas de higiene. É comum ver proprietários inexperientes pecando e mantendo suas gaiolas sujas ou viveiros mistos com aves maiores, na maioria das vezes tudo bem precário e sem as mínimas condições de higiene. Tudo isso pode expor as aves a vários tipos de bactérias nocivas a saúde dos pássaros.

Atualmente vários tipos de vermes podem contaminar os pássaros, fiz abaixo uma lista dos vermes existentes e que são combatidos com os vermífugos disponíveis atualmente no mercado.

  • Singamos “Syngamus trachea”
  • Heteraquediose “Heterakis spp”
  • Ascaridiose “Ascaridia spp”
  • Capilariose “Capillaria spp”
  • Amidostomose “Amidostomum anseris”
  • Tricostrongiloses “Trinchostrongylus tenuis”

Devemos sempre estar atento aos sintomas de cada um desses vermes.

Veja alguns dos sintomas causados por vermes:

Tosse, bico entreaberto e pescoço estirado tentando reter o ar, cabeça trêmula, perda de apetite, emagrecimento, falta de ar, dificuldade de respirar, dispnéia, fraqueza, emagrecimento, a ave quer tirar alguma coisa do bico, a ave sacode a cabeça, fica no chão do viveiro ou gaiola, os pássaros tentam expulsar os parasitas sacudindo muito a cabeça, a respiração fica difícil, rouquidão, sibilo, chiado, asas caídas, embolada, penas eriçadas, sangue na comissura do bico.

Quando devemos vermifugar os pássaros?

A vermifugação deve ser realizada a cada 6 meses, preferencialmente no inicio do período de criação e logo após termino do período de cria, onde o pássaro iniciará a muda de pena, ficando mais sensível. Sendo assim vermifugando as aves nesses períodos você estará protegendo-as de uma provável contaminação. Logicamente devemos estar atentos à saúde da ave e a condição onde ela vive, dependendo do ambiente a ave pode contrair vermes em menor tempo devido à exposição das bactérias contidas no ambiente. Sempre mantenha suas gaiolas e viveiros bem limpos. Os acessórios como bebedouros, comedouros, porta frutas e porta vitaminas, também devem estar sempre bem limpos e lavados.

Outra dica importante para garantir a saúde do pássaro é nunca expor a ave a correntes de ar frio.

Como vermifugar?

Primeiramente você deve comprar um bom vermífugo em uma loja especializada em pássaros, atualmente existem várias marcas de vermífugos disponíveis no mercado.

A dosagem deve ser seguida conforme descrito na bula do medicamento ou conforme a orientação do médico veterinário.

O tratamento na maioria das vezes é de 2 dias consecutivos, porém você deve se ater aos dados informados na bula, pois cada medicamento pode estabelecer formas diferentes de aplicação.

O tratamento é bem simples, basta aplicar o produto na água e fornecê-la ao pássaro, sendo assim no período de tratamento com vermífugo devemos suspender o banho e o fornecimento de frutas e verduras, garantindo assim que a única fonte hídrica será a água com o vermífugo e a ração.

 

Fonte: Dante Daniel Testa